Jean Carlos Cunha

.:: Diferente e eficiente::.

Arquivos da Categoria: Redes

Configurando ip fixo no windows, ip fixo no windows xp, como configurar ip fixo, configurações de ip fixo

Configurações de Rede
Usando IP Fixo
Atenção: Este tutorial é destinado para configuração apenas para roteadores. Modems Bridge não suportam este tipo de configuração.
Escrevo este material pela grande demanda de usuários que desejam abrir portas nos seus modems, mas que procedem de maneira errada na configuração por não atribuírem um IP fixo às suas placas de rede.
Antes de mais nada, é sempre bom saber que um computador com um modem ADSL externo formam uma rede de dois componentes, que se comunicam através de um cabo Ethernet. Modems internos não contam como elementos distintos de uma rede. Sendo seu computador e seu modem elementos de uma rede local, ambos usam endereços IP para se identificar. Endereços IP sempre são únicos na rede onde se aplicam. Por exemplo, se meu modem se identifica pelo IP 10.1.1.1, minha placa de rede não poderá usar este IP.
Elementos de uma rede local pertencem à uma mesma rede local quando os três primeiros números do endereço IP são iguais para todos os dispositivos. O que os diferencia dentro de uma rede é o último número. Os quatro números variam entre 0 e 254.
Sendo assim, vamos configurar minha placa de rede pra que ela reconheça meu modem. Meu modem é meu Gateway para acesso à Internet, ou seja, toda vez que meu computador quiser se conectar à Internet, ele vai fazer essa requisição ao modem primeiro.

1 – Para começar, ache seu ícone de conexão ao lado do relógio. Clique com o botão direito e você verá algo assim:


2 – Clique em Abrir Conexões de Rede. Aparecerá uma tela com as suas conexões. Identifique a conexão que você usa com o modem, e clique com o botão direito.


3 – Clique em Propriedades. Na tela abaixo, dê 2 cliques na opção Protocolo TCP/IP, ou dê um clique, e clique em Propriedades, conforme assinalado.

4 – Se você nunca configurou um roteador, aparecerá uma tela assim:


5 – Clique em Usar o Seguinte Endereço IP.

Endereço IP: Aqui deve ser colocado qual IP sua máquina assumirá dentro da subrede. Lembre-se que os 3 primeiros dígitos devem ser iguais aos 3 primeiros dígitos do IP do seu modem. O quarto número fica a sua escolha, mas tem que ser um número entre 1 e 254, e não pode ser igual o último número do IP do modem.
Máscara de Subrede: Máscara de rede para Ethernet. Serve para agilizar as transferências de rede local/Internet e vice versa. Apertando Tab após o preenchimento do campo de IP, o Windows preencherá este campo para você.
Gateway Padrão: Dispositivo que você usa para se conectar à Internet. Neste caso, é o IP do modem que deve ser colocado aqui.

6 – Preencha os campos a seguir com os endereços DNS que você costuma usar. Se você não sabe o que é DNS, ou não possui estes endereços, clique aqui para obtê-los. Assim, teremos uma tela mais ou menos assim:

6 – Clique em Ok, depois em Fechar. Para finalizar, clique novamente com o botão direito sobre sua conexão ativa, e escolha a opção Reparar.


7 – Clique em Fechar.

Sua placa de rede está configurada com IP fixo.

Oferecimento:
Desenvolvimento de sites,
Manutenção em computadores,
Sistemas de Crm de clientes.
Crm – Sistema de Gestão de Clientes.

cabo crossover, criando cabo cross, como criar cabo crossover

Aqui vai um dica de como montar um cabo crossover

O cabo crossover deve ter uma ponta no padrão EIA/TIA 568A. Logo, faça os procedimentos do tópico anterior em um dos lados do cabo.

Feito isso, na outra extremidade, é necessário que os fios sejam posicionados no conector RJ-45 na seguinte ordem:

 Esquema EIA/TIA 568B

Essa seqüência é conhecida como norma EIA/TIA 568B.

Concluídos esses passos, o cabo crossover estará pronto para o uso.

Finalizando

Nas primeiras vezes que você crimpar um cabo, certamente sentirá alguma dificuldade. É possível que você tenha até que refazer alguns passos. Se isso ocorrer, não se preocupe, é normal. Com a prática, você dominará o assunto rapidamente.

Por fim, segue uma dica: se você passar a fazer crimpagem de cabos com freqüência, é bastante recomendável usar um aparelho conhecido como testador de cabo. Nele, você conecta as extremidades dos cabos e o aparelho indicará se o cabo está perfeito ou se apresenta alguma falha. Existem vários modelos desses dispositivos, por isso, procure uma loja especializada para escolher um que lhe atenda.

Fonte: Tia NET e outros blogs

 comentario