Jean Carlos Cunha

.:: Diferente e eficiente::.

O papel do webmaster hoje? o que é webmaster

webmasteroy5

O papel do Webmaster hoje..em um post novamente teorico funcional……..
Em algumas épocas da história, certos tipos de ocupação eram consideradas extremamente importantes. Já foi assim com os médicos, escribas, telegrafistas, pilotos de avião e várias outras.
Antigamente, um indivíduo que soubesse HTML, um pouco de programação, experiência em NT ou Unix poderia assumir o papel de Webmaster. O www era apenas um sistema de informação não-linear, e o Webmaster era a pessoa que entendia como colocar informação nesse sistema. Há cinco anos atrás, não existia nem o nome dessa profissão.

Hoje em dia, essas atribuições mudaram. Ser um genuíno Webmaster requer experiência em várias áreas, desde computação até em economia. A maioria dos Webmasters hoje não passa seu dia fazendo HTML, eles estão fazendo tudo para melhorar seu site. Analisando friamente, um site nada mais é do que um computador executando um programa, mas com
alguns requisitos específicos. Qualquer pessoa que se intitule Webmaster deve saber:
· Sobre o funcionamento do sistema operacional do computador que opera, afinal, esse sistema tem que estar funcionando perfeitamente para tudo dar certo.
· Sobre os protocolos de rede, principalmente TCP/IP (principalmente se você trabalha num provedor).
Afinal, o web funciona na rede.
· Sobre segurança. Você precisa saber como proteger seu sistema, como detectar invasões e recuperar seus dados, caso isso ocorra. Para isso, e para que seu site funcione ininterruptamente, deve haver um forte esquema de contenção, que deve ter como pontos fortes a disciplina, a confiabilidade, a disponibilidade e facilidade de execução desses procedimentos.
· Sobre HTML. Principalmente os truques e as últimas novidades da linguagem. Não vale saber como usa o editor de HTML; você deve saber a linguagem.
· Sobre programação. Conteúdo dinâmico é feito em Java e Javascript, e CGI’s são extremamente necessários.
· Sobre conexão com Banco de Dados. Hoje em dia o serviço web está intimamente ligado com o banco de dados.
· Sobre o servidor. Você deve saber como fazer download, compilar (quando necessário), configurar, executar e administrar o servidor.
Entao se já fiz tudo isso. Agora eu sou um Webmaster ?

Ainda não mais porem ja . Agora você tem todos os elementos necessários, mas seu site está sem nenhum conteúdo.
Você precisa aprender a criá-lo. Comece aprendendo a escrever. Demora muito para aprender a escrever direito, e você precisa treinar bastante antes de colocar conteúdo no ar. Normalmente você vai colocar textos de outras pessoas no ar, e apesar de ser “divertido” ver outras pessoas cometendo erros, você não pode se dar esse luxo, além de ter que escrever bem. Mais ainda, o web é um ambiente visual, então você vai achar interessante ter noções de design. Bons designers nascem bons, mas um curso rápido vai te ajudar a não cometer muitos erros, e ajuda a contratar um bom design. Bom conhecimento de softwares de áudio e vídeo também são desejáveis.  E por último, seria interessante que o Webmaster também tivesse noções de Marketing, Direito, Contabilidade… E até Psicologia. E se mantivesse informado das novidades em seu próprio campo. Sabendo disso, agora você só falta entender o cliente e já pode começar.

O cliente
Do outro lado de toda conexão www, existe um cliente. Isso pode ser dito explicitamente, se você vende produtos, ou implicitamente, se você usa a divulgação da informação como parte da sua estratégia. Seu site tem que ser desenhado para atender seus clientes, atendendo suas necessidades e encorajando que eles voltem no futuro. Em suma fazendo da experiência de navegar no seu site uma coisa marcante. Mas manter os seus clientes felizes não é um trabalho trivial. Um dos pontos importantes é que o Webmaster esteja preparado para receber as mensagens mais estranhas, de clientes confusos que não sabem nem por onde começar. Esses clientes são os que precisam de mais ajuda, a partir daí os sites começam a fazer diferença. O Webmaster na verdade está cercado por clientes. Tem o pessoal que navega, tem o chefe, o pessoal de vendas, e qualquer outra pessoa no seu local de trabalho que espera alguma forma de retorno no www.
Enquanto o pessoal externo quer informações e produtos, o pessoal interno está de olho no retorno do investimento, nos dados demográficos, nos clientes externos. Não conseguir agradar os clientes externos é mortal para um site; não conseguir agradar os internos no mínimo vai te deixar com fama de chato.
O cuidado com o cliente interno é uma coisa difícil de aprender e executar. Aprender como preparar apresentações, mantendo um nível mais alto para seus gerentes, mais detalhado para os técnicos. Aprender também a falar um pouco a linguagem das outras áreas, enfim, estar por dentro da empresa.
Infelizmente, a maioria de nós não tem tempo de aprender tudo que precisamos. Se a meta é se tornar o melhor Webmaster possível (e não apenas um Webmaster comum), uma sugestão é a de reunir um time de pessoas que juntas reunam todas essas habilidades. Desta maneira, cada um pode colocar suas especialidades em prática, usando como ponto de apoio as habilidades dos outros.
Boas equipes não são ótimas desde o começo. Há uma evolução natural, que acontece com os desafios, sucessos e fracassos. Eles aprendem a se comunicar, a esquecer os erros alheios e a se fortalecer. O pessoal de informática são os que mais demoram a se adaptar (pois tem mania de trabalhar sozinhos), mas quando aprendem a confiar nos parceiros, a satisfação do trabalho em grupo é muito grande.
Outra coisa que provavelmente não irá funcionar são os cursos de graduação para computação com especialização em Webmaster. Um curso que dura 4 ou 5 anos, sendo que a tecnologia é totalmente modificada em 8 ou 10 meses é uma coisa que não funciona. Há apenas 1 ano falávamos de como seriam os
frames; daqui há um ano, Style Sheet será coisa do passado. Não se pode demorar 4 anos para aprender uma
coisa que muda totalmente em 2.
E finalmente uma palavra sobre o título Webmaster. Muita gente hoje que fez 3 ou 4 HTML’s na
vida se intitula Webmaster, diluindo assim a força da palavra. Existe uma grande tendência de unir todos os
serviços numa única palavra, assim, o designer, o gerente de conteúdo, o gerente do site, etc., todos se auto
intitulam Webmaster. No final, então, o nome não importa: a dedicação é que faz a diferença.

comemtemm……

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: