Jean Carlos Cunha

.:: Diferente e eficiente::.

Custos ocultos do VoIP

Explicação conceitual sobre a custos do voip…

há algum tempo a tecnologia VoIP só podia ser utilizada por meio de um programa de computador, atualmente aparelhos telefônicos com suporte para esta funcionalidade permitem que as pessoas liguem para telefones fixos, celulares, em ligações locais ou internacionais, sem que seja necessária a existência de um PC, sendo preciso apenas ter acesso à internet.

No entanto, engana-se quem imagina que a telefonia VoIP significa o fim das contas de telefone. A voz sobre IP pode, sim, ajudar a reduzir – e muito – os gastos com telefone, mas é preciso atenção aos preços cobrados pelas ligações.

Dúvidas
Antes de tudo, é preciso ter em mente que o VoIP é um sistema bom, mas é pago. As ligações só são gratuitas quando o usuário fala via internet com outro cliente da mesma operadora VoIP, ou seja, é preciso que ambos os interlocutores tenham contratado planos da mesma operadora.

Fora isso, todas as ligações são cobradas. No entanto, como a plataforma IP permite eliminar os parâmetros de distância dos cálculos de custos das ligações, o usuário paga apenas uma taxa sobre os minutos utilizados em ligações para celulares, internacionais e interurbanas. Mas essa tarifa é bem menor do que a cobrada pelas empresas de telefonia do país.

Para se ter uma idéia, um comparativo realizado pelo site Comparatel, mostra que uma ligação realizada de São Paulo para Londres, ao meio-dia de um dia de semana, com duração de 10 minutos, não sairia por menos de R$ 2,40, isso se o cliente pesquisasse todas as operadoras de telefonia e utilizasse a mais em conta, já que essa mesma ligação pode chegar a custar R$ 29,19. Já pelo sistema VoIP, no plano mais barato, a conversa custaria R$ 0,48, enquanto, no mais caro, não passaria de R$ 7,70.

Para chamadas para os Estados Unidos, a situação se repete. Enquanto pelas operadoras de telefonia que atuam em São Paulo o menor preço seria R$ 2,40 e o mais alto, R$ 18,08, pelo sistema VoIP a ligação não passaria de R$ 5,20, caso o cliente tivesse o plano mais caro. No mais barato, os 10 minutos de ligação sairiam por R$ 0,48.

Ligações locais
No entanto, toda a economia feita em ligações internacionais ou interurbanas pode não valer a pena, se o usuário não analisar muito bem as tarifas cobradas pelas ligações locais. Isso porque, nas ligações para a mesma região, o sistema VoIP pode ser bem mais caro do que o cobrado pelas operadoras.

Isso ocorre porque as redes dessas operadoras nem sempre estão na mesma localidade, e, por isso, o usuário poderá se deparar com uma tarifa supereconômica para um certo destino e com outra extremamente cara para o município mais próximo daquela região.

Na comparação de preços, o site revelou que uma ligação de 10 minutos de São Paulo para outro telefone também em São Paulo custa entre R$ 0,53 e R$ 1,68, pelo sistema comum de telefonia. Já no VoIP a mesma chamada varia entre R$ 0,45 e R$ 3. Portanto, até é possível fazer economia, mas é preciso avaliar muito bem os valores cobrados, pois, nesse caso, é possível pagar até R$ 2,47 a mais pela ligação.

Cuidados
Antes de contratar um pacote VoIP, é importante tomar alguns cuidados:

# Faça uma comparação entre o plano oferecido e as tarifas da telefonia convencional. Compare o preço dos minutos oferecidos no pacote com os preços das ligações via telefone normal;

# Para ligações interurbanas e internacionais, consulte o site da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que possui um sistema que compara os preços das operadoras e indica os melhores preços para diferentes horário;

# Ao optar por um plano de minutos, lembre-se de que, mesmo não utilizando todos os minutos no período, terá de pagar por eles. Informe-se se, por exemplo, os minutos não utilizados passam para o mês seguinte ou se são simplesmente descartados;

# Preste atenção ao preço do minuto excedente. Às vezes, o valor do minuto no pacote pode até ser tentador, mas os minutos que ultrapassam o limite do plano escolhido são tão altos que, se utilizados, comprometem todo o seu orçamento;

# Informe-se também sobre outros serviços e possibilidades, como assinatura básica, horários de pico, números favoritos etc;

# Avalie os seus hábitos: se você faz mais ligações para um determinado país, em quais horários e dias da semana e compare as tarifas cobradas. Isso faz diferença;

# E analise o contrato com muito cuidado. Apesar de não haver nenhuma legislação específica para esse tipo de serviço, o Código de Defesa do Consumidor protege o usuário com as determinações aplicadas aos serviços de telefonia fixa. Assim, atenção às cláusulas abusivas e, em caso de dúvida, não assine nada antes de conversar com um advogado ou com órgãos de defesa do consumidor.
comentem….

CLICK e Confira as dicas abaixo:

Apostilas gratis

Livros Gratis

Revenda de site

Tenha seu site

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: